07- Sistemas hidrossanitários

O conforto em nossas residências deve contemplar os sistemas prediais de água fria e de água quente, de esgoto sanitário e ventilação, além dos sistemas prediais de águas pluviais. Para cada um destes sistemas a Parte 6 da NBR 15575 define os critérios de desempenho visando o atendimento aos requisitos dos usuários, que como já vimos, são: segurança estrutural; segurança contra incêndio; segurança no uso e operação; estanqueidade; durabilidade e manutenibilidade; saúde, higiene e qualidade do ar; funcionalidade e acessibilidade; conforto tátil e antropodinâmico; adequação ambiental.

No que se refere a segurança estrutural, os sistemas hidrossanitários e as instalações devem resistir às solicitações mecânicas durante o uso, no que se refere às tubulações suspensas, tubulações enterradas e tubulações embutidas. Além disso, as solicitações dinâmicas dos sistemas hidrossanitários não devem provocar golpes e vibrações que impliquem risco à estabilidade estrutural, devendo ser estabelecido a sobrepressão máxima no fechamento de válvulas de descarga, a pressão estática máxima estabelecida em projeto, sobrepressão máxima quando da parada de bombas de recalque, além da resistência a impactos de corpo mole e corpo duro de tubulações aparentes.

Baixe nosso ebook e entenda melhor o funcionamento e as especificações adequadas para o bom funcionamento de um sistema hidrosanitário.

Gostou deste E-book? Faça já seu orçamento!

EnglishPortugueseSpanish